PESQUISE NESTE BLOG

Carregando...

quinta-feira, 6 de outubro de 2016

Caravan Maschera Teatro (apresentação em Palmeira dos Índios/AL)

A Dupla (ator e atriz) que compõe o Teatro "Caravan Maschera" vem circulando o Brasil, fazendo a belíssima apresentação intitulada "Circulação. Vidas Secas: da Zona Rural de Atibaia (SP) para o Sertão de Graciliano Ramos"; e para a alegria e contemplação dos alagoanos, esteve em cidades como Maceió e Palmeira dos Índios, a cidade acolhida por Graciliano Ramos (1892-1953), palco principal de um dos seus mais famosos romances: Caetés, além de ser o lugar no qual o escritor também foi Prefeito, entre 1928 e 1930.
Segundo os atores, trata-se de uma releitura da obra de Graciliano Ramos na forma de imagens, sensações e situações quase sem o uso de texto. A música e a plasticidade dos bonecos determinam toda a atmosfera muda do espetáculo.
Diz ainda, no material de divulgação, que: a adaptação de Vidas Secas pela Cia Caravan Maschera retrata, de maneira direta, concisa e, às vezes, bruta e sem qualquer floreio (em alusão à própria seca, a qual essas características podem ser creditadas), a saga de uma família de retirantes, atingida pela seca, que vaga pelo sertão brasileiro em busca de melhores condições de vida por meio de uma poesia do olhar. Graças à uma narrativa construída predominantemente de imagens e de bonecos que incorporam a aspereza e a angústia da seca, a palavra pôde ser restrita a sons guturais ditas pelos personagens. O texto de Graciliano Ramos contribui para o espetáculo na condição de literatura crua enunciada em escritos projetados e em voz gravada.
Para o deleite dos moradores de Palmeira dos Índios/AL, duas apresentações foram realizadas: uma na Aldeia Mata da Cafurna e outra no SESC-LER da cidade acima citada.
Nossos agradecimentos aos atores pela predisposição, pela coragem de cruzar o Brasil, desde o Sudeste rumando para o Nordeste e deixando um pouco mais de cultura, de arte, por onde passavam e davam movimentos e vozes aos bonecos, criando um cenário único e inédito para centenas de moradores nas mais diversas cidades e localidades (fosse capital de Estado ou interior).
Gostaríamos de enfatizar, ainda, sobre a magia que é revelada no encontro de uma pessoa com tão sublime arte, o teatro; para muitos - como dissemos antes - tratou-se de uma experiência única e especial... Foi comum ouvir a frase: - mas será que aqueles teatros que o povo fala na televisão é tudo assim?