PESQUISE NESTE BLOG

Carregando...

quarta-feira, 6 de julho de 2016

Arapiraca - cidade de Alagoas, Brasil

"Embora Arapiraca seja uma cidade recente, há registros de que, por volta de 1848, as terras pertenciam a Marinho Falcão. Este as transferiu, por venda, a Amaro da Silva Valente, que passou a habitá-las junto com a família". 
"A história conta que o genro de Amaro da Silva, Manoel André Correia, foi abrindo caminhos pelas matas virgens até descobrir uma planície fértil e rica em árvores frondosas principalmente a arapiraca. Nesse lugar iniciou o povoado que recebeu, desde a origem o nome Arapiraca, um termo indígena que significa ramo que o periquito visita (...). Em 1855, a esposa de Manoel André faleceu e, em sua homenagem, ele decidiu construir, sobre sua sepultura, a capela de Nossa Senhora do Bom Conselho". 
"O povoado progrediu e seu desenvolvimento justificou a elevação à vila em 1924. Em 1938, através de decreto, tornou-se município. A cidade se transformou em comarca, desvinculando-se de Anadia, em 1949. O surto econômico que a cidade teve deve-se à cultura e beneficiamento do fumo - produto base da economia do município - que lhe rendeu o título de Capital Brasileira do Fumo, por ter a maior área contínua de plantação do mundo. É o segundo maior município de Alagoas, atendendo comercialmente não só ao Agreste, mas ao Sertão e ao Baixo São Francisco[i]".

“Sua localização geográfica privilegiada interliga as demais regiões geoeconômicas do Estado e caracteriza-se como polo de abastecimento agropecuário, comercial, industrial e de serviços. Arapiraca atende às necessidades regionais, minimiza as distâncias entre os centros de abastecimento e potencializa o desenvolvimento da região (...)”.

“Segundo a Revista veja, Arapiraca é uma das 22 metrópoles do futuro. A reportagem, publicada em agosto de 2010, destaca o crescimento alcançado pelo município nos últimos anos, a exemplo de diversos aspectos do desenvolvimento econômico e social. Além disso, o município é o 10º município mais dinâmico do país e o 2º que mais cresce no Nordeste (...)”.
“Atualmente há uma profusão de projetos no campo da urbanização pública (moradia e vias públicas) e do mercado imobiliário (conjuntos residenciais de casas e de apartamentos). O campo da educação está em franco crescimento[2]”.
Antiga Igreja, no Centro da cidade.
Atual Catedral de Arapiraca.
Parque Ceci Cunha.




[2] Disponível em: http://www.encontraarapiraca.com.br/arapiraca/ Acesso em mar. de 2016.