PESQUISE NESTE BLOG

Carregando...

segunda-feira, 21 de março de 2016

21 de Março, dia Mundial da Poesia


O Dia Mundial da Poesia é celebrado em 21 de Março de cada ano. Ele foi criado a partir da 30ª Conferência Geral da UNESCO, realizada em novembro de 1999.
“Este Dia Mundial da Poesia celebra a diversidade do diálogo, a livre criação de ideias através das palavras, da criatividade e da inovação. A data visa fazer uma reflexão sobre o poder da linguagem e do desenvolvimento das habilidades criativas de cada pessoa (…). A poesia contribui para a diversidade criativa, usando as palavras e os nossos modos de percepção e de compreensão do mundo1”.
No Brasil temos também uma data reservada para se comemorar o Dia Nacional da Poesia, que é 31 de Outubro. A data coincide com o dia do nascimento de Carlos Drummond de Andrade.
Até 2015 a data de comemoração da poesia nacional era 14 de Março, uma homenagem ao poeta Antônio Frederico de Castro Alves, mesmo que não se tratasse de uma comemoração oficializada. Foi a Lei no 13.131/2015, sancionada pela Presidenta Dilma Rousseff, que oficializou a data para 31 de Outubro, em homenagem ao poeta Carlos Drummond de Andrade2.
Mas não se esqueçam, todo dia é dia de ler e produzir poesias!

Pra demarcar esse dia aqui no Blog, deixo uma poesia (dentre as minhas), daquelas bem "antigonas", escrita há vários anos...
Imagem copiada de: www.alienado.net

SAUDADES DE UM AMOR... 

A noite cai sobre a terra
E recai sobre mim um pensamento
Parece que vem com o vento
E com o Sol que se encerra.

Meu pensamento é costumeiro
Dele, não posso me livrar
E ele me faz lembrar
Você cantando no terreiro.

Onde te via, tão linda!
Meus olhos brilhavam tanto
Seu sorriso se espalhava junto com o canto
Que saía da sua boca, lembro ainda...

Como poderei esquecer?
Se até hoje te amo
Se até hoje reclamo
Não fui capaz de te ter.

Você brincava comigo
Eu era teu brinquedinho
Eu implorava teu carinho
E recebia teu castigo!

Meu amor, onde estarás?
Até hoje te espero,
Tu sabes que te almejo
E te amo cada vez mais...

Penso, penso e adormeço
Como uma ave triste
Esse pensamento insiste
No outro dia "quando amanheço"!

Coloco os pés sobre o chão
Lembro sua bela perna
Você com aquela meiguice eterna
Laçastes meu coração.

Ando, vejo sua dança
Seu suingue tão perfeito
Eu tenho que dar um jeito,
Achar vestígios de sua mudança.

Molho-me, vou ao além
Lembro-te na cachoeira
Cheirosa como a roseira
Deixa eu te achar, meu bem!

Uma maçã me alimenta
Sinto o gosto da sua boca...
Os teus desejos de louca
Onde estarás? Não me atormenta!

Se eu te reencontrar
Nunca mais te largarei
Direi:- Meu amor eu te achei!
E só pensarei em te amar. 
JaloNunes.
Imagem retirada de: www.mensagenscomamor.com
________________