PESQUISE NESTE BLOG

domingo, 27 de dezembro de 2015

Juazeiro do Norte/CE - olhares na cidade

“Juazeiro do Norte está situada no Sul do Ceará, ocupando uma área de 248 km² com população de quase 300 mil h. A cidade tem na figura do Padre Cícero Romão Batista um marco na construção da religiosidade, da cultura do seu povo e de acontecimentos políticos do Cariri. Quando o sacerdote chegou em abril de 1872, cavalgando num jumento, era apenas um arraial com algumas casas de tijolos e uma rústica capela. Graças a ele, Juazeiro é considerado um dos maiores centros de religiosidade popular da América Latina, atraindo 1,5 milhão de fiéis por ano, os quais vêm reverenciar Nossa Senhora das Dores e Padre Cícero que introduziu uma política de fé, amor e trabalho, tornando-se um mito para o povo nordestino. Nas romarias, a cidade se transforma em um centro de devoção com missas, bênçãos, procissões, novenas, peregrinações e visitações, além de extraordinário mercado de artesanato regional e artigos religiosos (...)”.
“Levas de católicos passaram a visitar o povoado em busca dos conselhos e da benção do ‘Padim Ciço’. O vilarejo foi crescendo com a abertura de novas ruas e a construção de casas tudo no entorno da fé popular. Surgiam os pequenos negócios com melhores perspectivas e o Padre Cícero sempre aconselhando: ‘em cada casa um santuário e em cada quintal uma oficina’. Os espaços sagrado e econômico se entrelaçaram com o trabalho e a fé caminhando juntos a ponto de servir como alicerce para o desenvolvimento de Juazeiro[1]”.

Que falar de Juazeiro do Norte? Simplesmente uma cidade que sabe, mesmo com o passar de décadas e o trampolim da política, usar-se racionalmente daquilo que foi arduamente construído e estimulado pelo Padre Cícero... O seu esforço não foi em vão e Juazeiro do Norte se expande em meio a aridez da terra!
Em novembro de 2013 nós havíamos feito uma simples postagem, aqui no Blog, sobre esta incrível cidade; nesta etapa iremos mais longe e detalharemos mais sobre :
- Capela do Socorri;
- Basílica Santuário de Nossa Senhora das Dores;
- Santuário São Francisco das Chagas;
- Paróquia do Sagrado Coração de Jesus (dos Salesianos) e,
- Colina do Orto.
Vamos ver algumas modestas fotos da cidade de Juazeiro do Norte/CE.
Marco numa das Praças centrais.
Carnaubais.
Feirinhas.


[1] Disponível em: http://www.juazeiro.ce.gov.br/Cidade/Historia/ Acesso em set. de 2015.

terça-feira, 22 de dezembro de 2015

Catedral Metropolitana de São Paulo/SP

A Catedral da Sé da cidade de São Paula é uma verdadeira maravilha, em termos de arquitetura e de riqueza religiosa.
De acordo com o site “em 1913, iniciou-se a construção da Catedral como é hoje, elaborada pelo alemão Maximilian Emil Hehl, professor de Arquitetura da Escola Politécnica. O templo foi inaugurado em 1954, na comemoração do 4º Centenário da Cidade de São Paulo, ainda sem as duas torres principais. A primeira versão da igreja foi instalada em 1591, quando o cacique Tibiriçá escolheu o terreno onde se encontraria o primeiro templo da cidade, construído em taipa de pilão (parede feita de barro e palha socados, estruturados em toras). Em 1745, a "velha Sé", como era chamada, foi elevada à categoria de catedral. Por isso, neste mesmo ano, iniciou-se a edificação da segunda matriz da Sé, no mesmo local da anterior. Ao lado dela, em meados do século XIII, levantou-se a Igreja de São Pedro da Pedra. Em 1911, os dois templos foram demolidos para dar espaço ao alargamento da Praça da Sé e, finalmente, à versão atual da catedral (...)”.
“A catedral possui ainda uma cripta aberta à visitação, inaugurada em 1919. Com trinta câmaras mortuárias, mantém, até os dias atuais, os sarcófagos dos bispos e arcebispos, além de guardar os restos mortais do cacique Tibiriçá, o primeiro cidadão de Piratininga, e do padre Feijó, Regente do Império (...)”.
“Sendo um dos cinco maiores templos neogóticos do mundo, a Catedral da Sé, foi reaberta em 2002, após três anos de reformas e voltou a oferecer missas diárias. Além disso, agora há visitas monitoradas durante toda a semana[1]”.

quarta-feira, 16 de dezembro de 2015

São Paulo, capital do Estado de São Paulo

A capital de São Paulo dispensa apresentações, mesmo porque me faria cansar falar dela, talvez me fosse impossível dizer o que é São Paulo, mas deixo abaixo algumas fotos, de lugares que me chamaram a atenção num curto espaço de tempo, que por lá estive (- de 12 h)!
Esta e as duas fotos seguintes mostram alguns complexos habitacionais de alunos da Universidade de São Paulo - USP.
Teatro Municipal.
Teima em se destacar uma torre, em meio a imponente "selva de pedras"!
Na praça da Catedral da Sé.
Alguma homenagem ao Rock in Rio, na Praça da Catedral da Sé.
Ao fundo, parte da 25 de março.
Aqui é marco; dizem os historiadores que aqui - neste largo - nasceu São Paulo.
Adicionar legenda