PESQUISE NESTE BLOG

Carregando...

sexta-feira, 1 de agosto de 2014

1 - Orquídeas encontradas no Município de Palmeira dos Índios/AL

As orquídeas são plantas fantásticas, dada a sua capacidade evolutiva, ao ter "ascendido à copa das árvores" mais altas, em busca da luz do sol. Ainda assim, elas não toleram a incidência direta do sol; na natureza, as folhas e os galhos das árvores filtram certa quantidade de luz, sobre as orquídeas, mantendo-as sempre em desenvolvimento. A combinação de luz, ventilação e chuva, além dos demais componentes do ambiente, é perfeita para o desenvolvimento de várias espécies, desde as mais comuns, até as de menor porte.
Quando são cultivadas domesticamente, os cuidados devem ser ainda maiores, especialmente com a rega e a ventilação, além do substrato e de outros fatores de ordem climática. As orquídeas costumam se desenvolver nos mais diversos locais, na natureza, desde árvores (epífitas), até as pedras (rupestres) e também no solo (terrestres); há também uma espécie de orquídea trepadeira/terrestre (que é a Vanilla).
Nesta postagem apresentamos 6 diferentes gêneros de orquídeas que podem ser encontrados (dentre tantos outros) neste pedaço do Nordeste do Brasil.
Apresentamos:
  • Cattleya labiata (considerada, por muitos, a rainha dentre as orquídeas encontradas no Nordeste);
Cada uma com sua particularidade, mas sendo todas epífitas (veja mais informações clicando nos nomes (links) acima.
Brassavola perrini.
Brassavola perrini.
Catasetum macrocarpum - flor masculina.
Catasetum macrocarpum - flor masculina.
Catasetum macrocarpum - flor feminina.
Cattleya labiata.
Cattleya labiata.
Dimerandra emerginata.
Dimerandra emerginata.
Prosthechea abbreviata (micro).
Schomburgkia rosea.