PESQUISE NESTE BLOG

domingo, 21 de abril de 2013

Castelo São Jorge - Lisboa/Portugal


"Passear por cima das paredes, eis uma ação que pode ser executada no Castelo São Jorge. Na colina mais alta de Lisboa, onde proliferaram testemunhos de fenícios, romanos e muçulmanos, ergue-se no topo, o Castelo de São Jorge. Os vestígios mais antigos aqui encontrados remontam ao século VI a. C. Porém, a existência de um castelo propriamente dito, data do século X-XI, altura em que Lisboa, era uma importante cidade portuária muçulmana. Em 1.142, D. Afonso Henriques, o primeiro Rei de Portugal, conquista o castelo e a cidade aos mouros. De meados do século XIII até ao início do século XVI, o castelo conhece o seu período áureo".
"É aqui que Vasco da Gama é recebido por D. Manuel depois de regressar da Índia e que é representada a primeira peça de teatro português, o Auto do Vaqueiro, de Gil Vicente, por ocasião do nascimento do futuro rei D. João III. Com a transferência da residência real e da corte para a baixa da cidade, os terremotos de 1531 e 1755 e o retomar da função militar no século XVIII, a descaracterização do castelo vai-se acentuando". 
"Declarado Monumento Nacional em 1910, é no decorrer do século XX que recebe importantes intervenções de restauro que lhe conferiram a imponência atual".
"Portanto, o castelo está situado na área de mais difícil acesso do topo na colina, nas escarpas poente e Norte, o Castelejo ergue-se imponente com as suas 11 torres adossadas aos panos da muralha, das quais se destaca a Torre de Menagem (do Observatório), a Torre de Ulisses, a Torre do Paço, as Torres Central Norte e Nordeste, a Torre da Cisterna e a Torre de São Lourenço, situada À meia encosta. No seu interior são visíveis os vestígios de antigas construções, de uma cisterna e a porta da Traição. (Disponível no Informativo Castelo São Jorge)[1]".
Placa alusiva ao Castelo São Jorge - Lisboa, Portugal.
Um olhar sobre Lisboa, a partir do Castelo São Jorge - Lisboa, Portugal.

Entrada principal do Castelo São Jorge (rodeado por fossos) - Lisboa, Portugal.

Caminhando sobre as paredes do Castelo São Jorge - Lisboa, Portugal.








AL e SP no Castelo São Jorge - Lisboa, Portugal.

No pátio interno do Castelo São Jorge - Lisboa, Portugal.


[1] Página oficial: http://www.castelodesaojorge.pt/ Acesso em ago. de 2012.

terça-feira, 9 de abril de 2013

Palácio Nacional da Ajuda - Lisboa/Portugal

                                                   História:
"Encontrava-se a Família Real na sua Quinta de Belém, quando eclodiu o Terremoto de 1755. O pânico que então se apoderou de D. José I levou à sua recusa em voltar a habitar edifícios construídos 'em pedra e cal'. A solução encontrada para a edificação da nova habitação régia passou pela eleição de um local seguro. Escolheu-se então a Quinta de Cima situada no Alto da Ajuda".

Atualmente: 
"O Palácio Nacional da Ajuda, monumento nacional desde 1910, não é apenas a antiga habitação real e museu de artes decorativas, é também a sede de outras instituições portuguesas ligadas à cultura e palco de cerimônias protocolares".


Coleções:
"O Palácio Nacional da Ajuda integra importantes coleções de artes decorativas datadas do século XV ao século XX. São de salientar os núcleos dos séculos XVIII e XIX: ourivesaria, joalharia, têxteis, mobiliário, vidro e cerâmica, bem como as coleções de pintura, gravura, escultura e fotografia".
                                                                        Galerias: 
"As coleções do Palácio Nacional da Ajuda são apresentadas ao público integradas nas salas, conforme eram utilizadas e vividas pela família real. Por esta razão e por questões de conservação e segurança, muitas peças das coleções do palácio não estão expostas ao público. A Galeria é um espaço criado para divulgar temas e peças que, na visita ao palácio, não estão disponíveis, nomeadamente das coleções de fotografia, desenho, joalheria, ourivesaria, vidro, cerâmica, entre outras".



Visita:
"O espaço visitável do Palácio inclui dois pisos: o Piso Térreo onde se situam muitos dos aposentos privados e o Andar Nobre, onde se realizavam as recepções de gala[1]".
Uma tomada lateral do Palácio Nacional da Ajuda - Lisboa/Portugal.

Vista frontal do Palácio Nacional da Ajuda - Lisboa/Portugal.

Torre (com cruz e galo) defronte ao Palácio Nacional da Ajuda - Lisboa/Portugal.

AL (Nordeste do Brasil) no Palácio Nacional da Ajuda - Lisboa/Portugal.

Linda a "Bandeira de Portugal como uma proa", no Palácio Nacional da Ajuda - Lisboa/Portugal.








Inúmeras esculturas no Palácio Nacional da Ajuda - Lisboa/Portugal.





Várias partes do Palácio Nacional da Ajuda estão inacabadas - Lisboa/Portugal.

Essa escultura no pátio interior é gigantesca - Palácio Nacional da Ajuda - Lisboa/Portugal.





No lado oposto do Palácio Nacional da Ajuda - Lisboa/Portugal, notamos que ainda não foi terminada quase toda a estrutura do Palácio.




[1] Disponível em: http://www.pnajuda.imc-ip.pt/pt-PT/palacio/HighlightList.aspx Acesso em: agosto de 2012.

terça-feira, 2 de abril de 2013

Paixão de Cristo 2013 - Palmeira dos Índios:Vídeos

Complementando a postagem anterior, 2 vídeos sobre a Paixão de Cristo 2013 em Palmeira dos Índios/AL (dia).
Um pedaço do trajeto pela Serra do Goiti, rumo à estátua do mais famoso Cristo de Alagoas (o do Goiti)!

Uma bela visão da festa religiosa e da cidade de Palmeira dos Índios, a partir "dos ombros" do Cristo!