PESQUISE NESTE BLOG

Carregando...

quinta-feira, 10 de outubro de 2013

Mirante e “Centro Geodésico da América do Sul” - MT



"Na Chapada dos Guimarães, na face Sul dos paredões, existe um mirante natural que dá vista para a imensa planície pantaneira e também de onde se avista Cuiabá, a Capital de MT. Neste mirante existe um marco geodésico e muitas pessoas sempre acreditaram que este local seria o 'centro geodésico da América do Sul', porém trata-se apenas de um marco de altitude e complementa o antigo marco localizado em Cuiabá, o qual é, segundo geógrafos, o marco exato do centro da América do Sul".
"O marco em Chapada dos Guimarães é apenas um ponto físico que serve para delimitar territórios e não alcança, na imaginação humana, a sensação produzida por um mirante com vista tão ampla. Esta sensação, de ver tudo do alto, é que dá o toque místico para o 'centro da América do Sul'. Não precisa ser geodésico, mas apenas centro".
"Neste conceito mais amplo consideramos que o mirante em Chapada dos Guimarães realmente não é o 'centro geodésico', mas sim o 'centro' da América do Sul, ponto equidistante entre o Atlântico e o Pacífico (Oceanos)[1]".