PESQUISE NESTE BLOG

Carregando...

sábado, 30 de março de 2013

Paixão de Cristo/ 2013 - Palmeira dos Índios/AL



Todos os anos em Palmeira dos Índios/AL, na época da Semana Santa, os fieis, a comunidade geral e os visitantes, se dirigem ao alto da Serra do Goiti: em procissão; ou simplesmente para apreciarem paisagens deslumbrantes a partir do pé do Estátua do Cristo do Goiti; também podem acompanhar durante a noite de quinta e de sexta-feira a encenação da Paixão de Cristo (é uma das mais tradicionais do interior do Estado de Alagoas...).


No início da madrugada de quinta-feira, um padre acompanhado de fieis faz todo o percurso (ladeira acima), orientados pela vontade de ao menos um pouco “vivenciar a Cruz de Jesus Cristo”! Nesta mesma hora, outros tantos sobem a serra e se acham aos pés da estátua do Cristo do Goiti, principalmente para confraternizar com os amigos e beber vinho.

Durante a aurora centenas de pessoas (moradores da cidade e do município), bem como as que residem n’outros municípios, sobem (e depois descem a serra). Alguns ficam por lá até o anoitecer; levam comida e bebida (ou os adquire) nas várias barracas lá armadas. Além de disporem de produtos como frituras, bolos, pipocas etc. e água, refrigerantes e bebidas alcoólicas, os “peregrinos” dispõem da oferta de frutas da época: pitomba, oliveira (jamelão) e jaca.

Quando se consolida a noite, há a encenação da Paixão de Cristo, com atores profissionais e amadores, da cidade e da região. Este ano (2013) tal espetáculo acontece pela 11ª vez.


Na sexta-feira e pelos dias que virão, a serra e a estátua do Cristo lá se encontram (de braços abertos) e no cair da noite de sexta, o espetáculo da Paixão se repete.
Você pode ver outra postagem sobre a Emancipação Política de Palmeira dos Índios.
Também há um vídeo que mostra um pedaço da subida da Serra do Goiti. E outro vídeo sobre o mesmo tema.
Ao subir até os ombros da estátua tem-se uma vista ainda mais singular. Serra do Goiti.
As pessoas chegam lá em cima - geralmente - cansadas e se refugiam ao pé da estátua - Serra do Goiti.

Crianças e idosos trafegam pelo cume da Serra do Goiti - Palmeira dos Índios/AL.
Serra do Goiti - Palmeira dos Índios/AL.
Essas crianças aproveitam a posição privilegiada para espiar a cidade desde a Serra do Goiti.
Por aqui se começa a subir a Serra do Goiti - Palmeira dos Índios/AL.
Ao longo da subida as pessoas ficam cada vez mais próximas. Serra do Goiti - Palmeira dos Índios/AL.
Algumas pessoas já descem, logo cedinho! Serra do Goiti - Palmeira dos Índios/AL.
Serra do Goiti - Palmeira dos Índios/AL rodeada por serras.

Na parte superior da transgoiti terras em cinzas - Serra do Goiti - Palmeira dos Índios/AL.
Queimadas: será que a espera de chuva para plantio; ou somente para devastar? Serra do Goiti - Palmeira dos Índios/AL.

Serra do Goiti - Palmeira dos Índios/AL ao fundo.
Dezenas de pessoas subindo a Serra do Goiti - Palmeira dos Índios/AL.
Subida da Serra do Goiti - Palmeira dos Índios/AL.
Do alto do Goiti vê-se várias pessoas no seu entorno - Palmeira dos Índios/AL.
Sempre atenta: "olhos" sobre a cidade de Palmeira dos Índios/AL.
Bela "metrópole" do sertão: Palmeira dos Índios/AL.
Serra do Goiti - Palmeira dos Índios/AL.
Abaixo o cenário para a encenação da Paixão de Cristo, na noite de quinta e sexta-feira - Serra do Goiti - Palmeira dos Índios/AL.
Do outro lado, parte da serra do Alto do Cruzeiro. Serra do Goiti - Palmeira dos Índios/AL.
Serra do Goiti - Palmeira dos Índios/AL.
Abaixo a cidade, o açude: da Serra do Goiti - Palmeira dos Índios/AL.

Uma mão pede a companhia do Sol vital. Serra do Goiti - Palmeira dos Índios/AL.