PESQUISE NESTE BLOG

quarta-feira, 28 de novembro de 2012

Igreja da Sagrada Família - Barcelona/Espanha

"O Templo expiatório da Sagrada Família de Barcelona foi iniciado em 1882 e ainda hoje se encontra inacabado. O seu risco deve-se ao gênio criativo do arquiteto catalão Antoni Gaudí, que aplica os ideais da Arte Nova à arquitetura religiosa".
"O artista está ligado a uma vertente mais arquitetônica e orgânica da Arte Nova, procurando captar todos os elementos naturais de uma forma muito precisa. Todos os pormenores são imbuídos de simbolismo. A decoração inspira-se em elementos neogóticos (agulhas das torres em forma de espigas de milho, rendilhado nas bandeiras dos vãos), elementos barrocos (as estruturas funcionais passam a ser meramente decorativas) e elementos mouriscos (utilização da cor e do tijolo vidrado)".
"Mas a grande contribuição de Gaudí foi no campo da estática com a supressão dos contrafortes através de um hábil sistema de descarga de forças. Assim, o peso da abóbada central (de forma hiperbólica côncava) já não se distribui sob forma de pressão descendente e lateral, como acontecia na arquitetura gótica".
"A utilização de superfícies parabólicas e hiperbólicas resulta no escoramento quase vertical das colunas, que, por estarem levemente inclinadas, recebem a restante pressão lateral. Para termos uma ideia da grandeza do projeto da Sagrada Família, basta referir que tem 12 campanários de 100 m de altura cada, 5 cúpulas e um coro de 14 m de altura para 2.200 cantores, que podem ser ouvidos no interior e no exterior[1]".
Em 2008 saíamos da La Pedrera e caminhávamos por ruas desconhecidas em busca de explorar as maravilhas dessa belíssima construção. Depois de cruzar ruas e esquinas, eis que as primeiras torres puderem ser vistas. Ao longe nem tanto impactante, mas de perto, um espetáculo da inteligência humana! Cada um de nós (brasileiros) pagamos 8 euros (segundo eles para ajudar a concluir a obra) e adentramos a uma Igreja extraordinária e que mistura religiosidade e arquitetura aos nível quase da perfeição!
A uns 200 m pode ser vista, antes uma belíssima formação para lâmpadas.
Guindastes e armações  de ferro se misturam às suas imponentes torres e agulhas.




Uma parte posterior da Igreja Sagrada Família - Barcelona, Espanha.

Cenas da Crucificação de Jesus, por toda a Sagrada Família - Barcelona, Espanha.

Detalhes ao talento e religiosidade de Gaudí - Sagrada Família - Barcelona, Espanha.


Esculturas com motivos religiosos adornam a área externa - Sagrada Família - Barcelona, Espanha.

Detalhes numa das pilastras - Sagrada Família - Barcelona, Espanha.


Esta coluna é supostamente sustentada por uma tartaruga-marinha grande.

Pelo menos 08 torres podem ser vistas, deste ângulo - Sagrada Família - Barcelona, Espanha.


Vitrais coloridos e caprichosamente desenhados - Sagrada Família - Barcelona, Espanha.

Um "emaranhado" de detalhes cautelosamente elaborados - Sagrada Família - Barcelona, Espanha.

Uma das colunas no interior. Sagrada Família - Barcelona, Espanha.

Várias colunas na parte interna da Igreja Sagrada Família - Barcelona, Espanha.

No ápice das pilastras se reproduzem formas de árvores - Sagrada Família - Barcelona, Espanha.

Dezenas de espaços para serem preenchidos com vidros - Sagrada Família - Barcelona, Espanha.

Parte do teto suspenso - Sagrada Família - Barcelona, Espanha.


Detalhe da Sagrada Família na parte externa da Igreja - Barcelona, Espanha.




AL visita a Sagrada Família - Barcelona, Espanha.
Um leve toque do sol se pondo, a torna ainda mais bonita; Sagrada Família - Barcelona, Espanha.
Sagrada Família - Barcelona, Espanha.

Sagrada Família - Barcelona, Espanha.


[1] Disponível em: Sagrada Família (Barcelona). In Infopédia [Em linha]. Porto: Porto Editora, 2003-2012; < http://www.infopedia.pt/$sagrada-familia-(barcelona)>. http://www.sagradafamilia.cat/. Acesso em: agosto de 2012.

terça-feira, 13 de novembro de 2012

Penedo - cidade de Alagoas/Brasil.


Penedo é uma “joia da arquitetura barroca no Brasil”:

“Penedo é a cidade mais antiga às margens do Rio São Francisco, e é também uma das mais belas cidades históricas do Brasil. Está situada a 157 km de Maceió [a capital do Estado]. É chamada de "Ouro Preto do Nordeste" graças a seu riquíssimo acervo arquitetônico presente em sobrados e igrejas seculares".

"HISTÓRIA: O primeiro povoamento da região onde hoje se encontra a cidade de Penedo iniciou-se em 1545 (quando o primeiro donatário da capitania de Pernambuco, Duarte Coelho, o qual tinha a incumbência de explorar a região até o Rio São Francisco), criou o primeiro vilarejo ribeirinho. A localização do vilarejo ao lado do Rio São Francisco teve importância fundamental na formação física, econômica e cultural de toda a faixa sanfranciscana. Ele foi o caminho que levou o progresso, a cidadania, a cultura e a arte àquela pequena cidade".

"No século XVII, o progresso da zona sanfranciscana era patente, levando o quarto donatário de Pernambuco, em sua viagem a Alagoas, elevar o povoado “Penedo”, à condição de Vila, com o nome de Vila do Penedo do Rio São Francisco, outorgando-lhe o título de “Mui Nobre Leal e Valorosa”. Esse fato histórico aconteceu em 12 de abril de 1636". 
"INVASÃO HOLANDESA – Em 1637, a Vila do Penedo do Rio São Francisco foi invadida pelos holandeses, liderados por Maurício de Nassau; era o projeto para a ocupação definitiva de todo o norte e nordeste brasileiro pelos holandeses. A ocupação holandesa durou 8 anos, quando então em 1645, os penedenses, auxiliados pelas forças baianas, expulsaram os holandeses de Penedo". Disponível em:
<http://www.skyscrapercity.com/showthread.php?t=497323> Acesso em: 23/04/2012.
De acordo com o Guia “Penedo - Alagoas/Brasil: Conheça e Viva!” indo a esta bela cidade não se pode deixar de visitar:
Catedral Diocesana: construída no século XVIII, em estilo colonial, inicialmente para a hospedagem de Ouvidores. 
Paço Municipal: construído no século XIX, substituiu um antigo prédio que ameaçava desabar.
Oratório dos Condenados, ou Forca: construído no século XVIII. Destinado a oração de prisioneiros, inclusive dos que seriam enforcados.
Rua do Banheiro, ou Rua das Lavadeiras: algumas construídas no século XVIII. Foram feitas de rochedo que deu origem à cidade no século XVI; iniciam em degraus de pedras que dão acesso ao rio.
Igreja de Nossa Senhora da Corrente: construída no século XVIII, concluída 30 anos depois pela família Lemos, abolicionistas que escondiam em seus compartimentos secretos escravos fugitivos. Germain Renê Bazin, diretor do Louvre, disse considerá-la “o mais belo templo do Brasil”.
Museu do Paço Imperial: construção do século XVIII, hospedou em 1859 o Imperador D. Pedro II.
Theatro Sete de Setembro: construído no século XIX. É o primeiro teatro de Alagoas, teve planta do arquiteto italiano Luiz Lucarini. No alto da fachada há estátuas representando as ‘deusas’ da música, da pintura, da poesia e da dança.
Igreja de São Gonçalo Garcia dos Homens Pardos: construção do século XVIII. Possui um lavado em cantaria, estilo ‘rococó’, na Sacristia. Em, nos altares, imagens em madeira em tamanho real.
Capela da Santa Cruz do Curtume: construção do início do século XX. Abriga a imagem do Bom Jesus dos Navegantes, cuja procissão é realizada anualmente, em janeiro, desde 1884.
Convento Franciscano e Igreja Santa Maria dos Anjos: construída entre os séculos XVII e XVIII por Frades Franciscanos, pioneiros na transmissão da fé cristã.
Casa do Penedo: inaugurada na segunda década do século XX, mantém precioso acervo e biblioteca de grande importância histórica, documentando as épocas da invasão holandesa, da escravatura, da formação da sociedade, sobre as artes e o homem no Rio São Francisco.
Igreja de Nossa Senhora do Rosário dos Pretos: construída entre os séculos XVII e XIX, no lugar de uma capela primitiva construída por escravos libertos. Mantém uma máquina inglesa de gás acetileno, que iluminava por encanação embutida nas paredes.

E mais:
Mercado Público Municipal.
Círculo Operário.
Sociedade Monte Pio dos Artistas. 
Pátio defronte ao Convento Franciscano e Igreja S Mª dos Anjos (que fará parte de outra postagem) mais adiante. Penedo - cidade de Alagoas, Brasil.
Paço Imperial de Penedo - cidade de Alagoas, Brasil.
Paço Imperial de Penedo - cidade de Alagoas, Brasil.
Rio São Francisco banha a belíssima Penedo - cidade de Alagoas, Brasil.
Rio São Francisco banhando a belíssima Penedo - cidade de Alagoas, Brasil.


Rio São Francisco "banho caudaloso" na belíssima Penedo - cidade de Alagoas, Brasil.
Rio São Francisco banha a belíssima Penedo - cidade de Alagoas, Brasil.

Um dos becos de Penedo - cidade de Alagoas, Brasil.

Penedo - cidade de Alagoas, Brasil.
Penedo - cidade de Alagoas, Brasil.
Parte da feira de Penedo - cidade de Alagoas, Brasil.
Rio São Francisco em Penedo - cidade de Alagoas, Brasil.

Penedo - cidade de Alagoas, Brasil.
Penedo - cidade de Alagoas, Brasil.

Veículos e pessoas esperam a balsa para fazerem a travessia do Velho Chico, rumo a Sergipe; Penedo - cidade de Alagoas, Brasil.

Penedo - cidade de Alagoas, Brasil.
Penedo - cidade de Alagoas, Brasil.
Penedo - cidade de Alagoas, Brasil.
Penedo - cidade de Alagoas, Brasil.
Penedo - cidade de Alagoas, Brasil.
Penedo - cidade de Alagoas, Brasil.
Hotel histórico em Penedo - cidade de Alagoas, Brasil.
Ao fundo a Igreja de Nossa Senhora do Rosário dos Pretos; Penedo - cidade de Alagoas, Brasil.
Penedo - cidade de Alagoas, Brasil.
Na entrada da Casa de Penedo/ Penedo - cidade de Alagoas, Brasil.
Theatro 7 de Setembro - Penedo - cidade de Alagoas, Brasil.
Paço Imperial de Penedo - cidade de Alagoas, Brasil.
Paço Imperial de Penedo - cidade de Alagoas, Brasil.
Catedral (em reforma) de Penedo - cidade de Alagoas, Brasil.
Paço Imperial e Catedral (em reforma) de Penedo - cidade de Alagoas, Brasil.
Catedral (em reforma) de Penedo - cidade de Alagoas, Brasil.
Catedral (em reforma) de Penedo - cidade de Alagoas, Brasil.
Oratório, ao lado da Catedral (em reforma) de Penedo - cidade de Alagoas, Brasil.
Catedral (em reforma) de Penedo - cidade de Alagoas, Brasil.
Igreja de Nossa Senhora do Rosário dos Pretos - Penedo - cidade de Alagoas, Brasil.

Igreja de Nossa Senhora do Rosário dos Pretos - Penedo - cidade de Alagoas, Brasil.

Jesus Crucificado: na Igreja de Nossa Senhora do Rosário dos Pretos - Penedo.

Igreja de Nossa Senhora do Rosário dos Pretos - Penedo - cidade de Alagoas, Brasil.
Igreja de Nossa Senhora do Rosário dos Pretos - Penedo - cidade de Alagoas, Brasil.
Igreja de Nossa Senhora do Rosário dos Pretos - Penedo - cidade de Alagoas, Brasil.

Igreja de Nossa Senhora do Rosário dos Pretos - Penedo - cidade de Alagoas, Brasil.

Igreja de Nossa Senhora do Rosário dos Pretos - Penedo - cidade de Alagoas, Brasil.

Igreja de Nossa Senhora do Rosário dos Pretos - Penedo - cidade de Alagoas, Brasil.

Igreja de Nossa Senhora do Rosário dos Pretos - Penedo - cidade de Alagoas, Brasil.
Igreja de Nossa Senhora do Rosário dos Pretos - Penedo - cidade de Alagoas, Brasil.

Igreja de Nossa Senhora da Corrente - Penedo - cidade de Alagoas, Brasil.

Igreja de Nossa Senhora da Corrente - Penedo - cidade de Alagoas, Brasil.
Igreja de Nossa Senhora da Corrente - Penedo - cidade de Alagoas, Brasil.
Igreja de Nossa Senhora da Corrente - Penedo - cidade de Alagoas, Brasil.
Arte e Religião, numa fusão magnífica: Igreja de Nossa Senhora da Corrente - Penedo - cidade de Alagoas, Brasil.
Igreja de Nossa Senhora da Corrente - Penedo - cidade de Alagoas, Brasil.
Igreja de Nossa Senhora da Corrente - Penedo - cidade de Alagoas, Brasil.
Igreja de Nossa Senhora da Corrente - Penedo - cidade de Alagoas, Brasil.
Igreja de Nossa Senhora da Corrente - Penedo - cidade de Alagoas, Brasil.
Amiga (o) (s) sobe (m) a ladeira, rumo ao Paço Imperial, vindos de perto da margem do São Francisco e Igreja de Nossa Senhora da Corrente - Penedo - cidade de Alagoas, Brasil.