PESQUISE NESTE BLOG

quinta-feira, 19 de janeiro de 2012

Paris Panorâmica/ Poesia à Paris/França

Para os visitantes de Paris/França: uma boa pedida:
Guia; celular/câmera/caneta/papel;
vinho/café; pão com mortadela.
Paris, Paris...
Quem te ver de perto
Assusta-se:
Com tua beleza que é única
Onde o céu,
A terra e o rio;
Os movimentos
Que tal tomar um bom vinho Bordeaux em Paris/França?
Os monumentos e o vazio:
Parecem uma coisa só.
No inverno tudo é cinza
De “um cinza” tão mortal,
SP; 2x PB; AL; 2 x SP;
numa estação subterrânea de metrô em Paris/França.
Mas que de tanta beleza
Torna-se algo surreal.
E a luz que sobre tu gira
Integra e espalha realeza.
Olha a situação quando se acorda: França/Paris.
Numa pausa para "forrar o estômago" em Paris/França..
uma gastronomia nova para nós: Kebab.
Sobre o Kebab em: http://pt.wikipedia.org/wiki/Kebab

Para dormir? Dá-se um jeito: França/Paris.



Monumento de La Bastille - França/Paris...
em homenagem a Revolução Francesa.
O monumento ao fundo esquerdo é da Orquestra.
Uma visita bastante especial a Champs Élysées...
uma das avenidas mais famosas de Paris/França.
Outra visão da Champs Élysées - ao fundo o Arco do Triunfo - Paris/França.
Academia de Música de Paris/França.
Poses diante do Arco do Triunfo - Paris/França.
Aí está o imponente Arco do Triunfo de Paris/França.
Caudaloso? o rio Sena corta a cidade homenageando com a sua beleza.
A cidade abraçando ao rio Sena - Paris/França.
Rio Sena e suas inúmeras pontes. Paris/França.
Rio Sena - Paris/França.
Cobiçados são os passeios de "barco" sobre o Rio Sena - França/Paris.

Um modo de ser e uma arquitetura muito particular - Paris/França.

Hotel de Ville - Paris/França - uma vista noturna.

Que tal menos dois graus? Para os nordestinos do Brasil (quase uma morte)!

Paris/França: enfeites escassos para para o Natal.

Uma vista panorâmica da cidade, nas imediações da Igreja do Sagrado Coração.
A belíssima Igreja do Sagrado Coração (Sacre Coeur) de Paris/França.


Que tal essas guloseimas numa padaria de Paris/França: croissants.



PB, SP, PB, AL defronte ao Panteon - Paris/França.

Estátuas com luzes na ponte Alexandre III - Paris/França.

Pista artificial de gelo, defronte ao Hotel de Ville - Paris/França.



Hotel de Ville - Paris/França.
Nas proximidades da Praça La Bastille. Paris/França.



Singelo enfeite de Natal - Paris/França.












segunda-feira, 2 de janeiro de 2012

Quebrangulo - Cidade de Alagoas, Brasil


"Os mais antigos habitantes, firmados no que ouviram dos seus antepassados, contam que o local onde se levantou a povoação foi primitivamente habitado pelos índios Chucurus que vieram formar aldeia nas proximidades da serra da Palmeira dos Índios, já encontrados aí estabelecidos os Cariris, emigrados de Pernambuco, em consequência da seca que assolou os sertões no ano de 1740".

"Dizem outros, que aí houve antigamente um quilombo de pretos fugitivos. Viviam, eles, de nozes de palmeira e principalmente da caça de caititus, que em manadas, pastavam no próprio local onde hoje é a cidade. Sendo o chefe desse quilombo excelente caçador, chamavam-no 'Quebrangulo', que na gíria dos negros significa 'matador de porcos'".
"O Distrito foi criado com a denominação de Quebrangulo, pela lei provincial n.º 301, de 13-06-1856. Elevado à categoria de vila com denominação de Quebrangulo, pela lei provincial n.º 624, de 16-03-1872, desmembrado de Viçosa (ex-Assembléia). (...) Pelo decreto estadual n.º 4, de 20-02-1890, a vila é extinta, sendo seu território anexado ao município de Assembléia. Elevado novamente à categoria de vila com denominação de Vitória, pelo decreto estadual nº. 47, de 27-09-1890, desmembrado de Assembléia. Sede no atual distrito de Vitória ex-Quebrangulo. (...) Elevado à categoria de cidade com a denominação de Vitória, pela lei estadual n.º 593, de 06-06-1910. Pela lei estadual nº 1139, de 20-06-1928, voltou a denominar-se Quebrangulo. Em divisões territoriais datadas de 31-12-1936 e 31-12-1937, o município aparece constituído de 2 distritos: Quebrangulo e Paulo Jacinto. Pela lei nº 1747, de 02-12-1953, desmembra do município de Quebrangulo o distrito de Paulo Jacinto. Em divisão territorial datada de 01-07-1960, o município é constituído do distrito sede".
Quem nasce em Quebrangulo é chamado de quebrangulense."


Texto extraído/disponível em: http://biblioteca.ibge.gov.br/visualizacao/dtbs/alagoas/quebrangulo.pdf
 
Quebrangulo é a cidade natal do escritor alagoano Graciliano Ramos. É uma cidade com rico patrimônio arquitetônico; aos sábados, por causa da feira livre, recebe inúmeras pessoas dos municípios vizinhos; é cortada pelo Rio Paraíba, que a torna ainda mais convidativa e singular.
Uma boa visão da Igreja Matriz de Quebrangulo/AL.
Abençoando a cidade que se estende abaixo.

Uma vista do altar central da Igreja Matriz/ Quebrangulo/AL.

Parte do interno - lateral direita - da Igreja Matriz da cidade.
Estátua pequena de Bom Jesus dos Passos - um daqueles que os fiéis
recorrem na Igreja Matriz de Quebrangulo.



Praça que se estende na frente da Igreja Matriz de Quebrangulo/AL.

Pequena parte da feira livre de Quebrangulo, próxima a margem do Rio.

Outra vista do Rio Paraíba na altura de Quebrangulo/AL.

Rio Paraíba - Quebrangulo/AL.

Outra Igreja em Quebrangulo/AL. No cume do pequeno morro.

Esta já uma visão da entrada da Vila São Francisco...
povoado de Quebrangulo/AL. Importante centro religioso...
haja vista ter morado nesta por muitos anos o Franciscano Frei Damião...
considerado Santo por milhares de sertanejos.
Atualmente se fazem missões anuais neste povoado.
Uma das ruelas da Vila São Francisco - Quebrangulo/AL.



A Igreja Central da Vila São Francisco - Quebrangulo/AL.

Defronte a Igreja acima mostrada: a casa das promessas...
onde são depositados os inúmeros objetos trazidos pelos fiéis...
em sinal de promessa ou "agradecimento por graça alcançada".

Estátua edificada em memória e homenagem ao Frei Damião.
entrada da Vila São Francisco - Quebrangulo/AL.