PESQUISE NESTE BLOG

Carregando...

segunda-feira, 28 de novembro de 2011

Histórias Malditas - Um Espírito/Conto Geracional

Numa região serrana, um pobre animal tornou-se a vítima de um espírito sem rumo. Este espírito atrasado, desvirtuado e maléfico, tornou-se dominador e massacrador do referido animal (uma jumenta). Geralmente esses espíritos apossam-se ou atacam seres humanos, mas desta vez resolveu assolar e assombrar as noites de um pobre e inocente animal.
Esta jumenta dormia próximo de algumas casas e uma senhora presenciava, à distância, todo o tormento do pobre animal.
Após a meia-noite, chegando-se a madrugada, a mulher ouvia coisas horríveis que até mesmo ela arrepiava-se e sentia-se inconformada com o sofrimento da pobre jumenta.
Acontecia exatamente o seguinte: A jumenta começava a relinchar muito, como se percebesse a presença do espírito ruim, que se aproximava dela com planos terríveis de fazer sofrer sem que merecesse.
Depois, o dominado animal ficava indefeso, por mais que pulasse ou corresse não conseguia se livrar do espírito, como se ele grudasse em seu corpo, no seu interior. Então ela continuava a relinchar de forma descontrolada, soltava fortes "urros", "berros" e enormes gemidos dolorosos.
O sofrimento do animal era perceptível, ela gemia de dores, de medo. O abominável espírito atrasado parecia bater muito na jumenta, surrava-lhe, maltratava-lhe até perto do amanhecer. Só a senhora que morava na casa ao lado ouvia e também sofria junto com o animal.
Nos dias seguintes aos maus tratos, as pessoas não entendiam, pois o animal estava muito estressado, cansado, machucado e impaciente.
Só a mulher sabia o que a pobre jumenta suportava todas as noites e previa mais sofrimentos, ainda incontáveis, desmedidos e arrasadores que o animal aguentaria durante as noites que possivelmente viriam.


JaloNunes.
Copiada de: gamemagazine.com.br