NOTÍCIAS FRESQUINHAS

Loading...

quarta-feira, 1 de julho de 2015

Parque das Aves - Foz do Iguaçu/PR (parte 2/3)

Prosseguindo com as nossas postagens, a partir da ótima visita que fizemos a cidade de Foz do Iguaçu, no Paraná, disponibilizamos a segunda parte das fotos sobre o incrível Parque das Aves. Desta vez o destaque será dado para as aves da família dos psitacídeos, além de aves como a jacutinga, tucano, corujas, tachã, Mutum, harpia dentre outros animais. Na primeira postagem nós também colocamos um pouco sobre a história do Parque e, nesta postagem nos dedicaremos a mais uma remessa de belas fotos!


Periquito-de-cabeça-preta. Habitat: América do Sul. Vivem até 30 anos e comem frutos e sementes.


Maitaca-de-cabeça-azul.

Jandaia-verdadeira. Vivem até 22 anos e se alimentam de frutos e sementes.

Papagaio anacã.



Tachã. Alimentam-se de algas e insetos.





Mutum.

Jacutinga.


Alguns tucanos.






Siriema.

Pomba-do-nicabor. Encontrada no sudoeste asiático e Ilhas Salomão. Vive até 20 anos e come frutos e sementes.

Harpia, a maior águia brasileira.


Algumas borboletas do lindo borboletário; esta é popularmente chamada de "borboleta cara de coruja".


quarta-feira, 24 de junho de 2015

Parque das Aves - Foz do Iguaçu/PR (parte 1/3)



“O Parque das Aves é um passeio essencial para quem visita Foz do Iguaçu/PR, localizado próximo às Cataratas do Iguaçu, no Parque Nacional do Iguaçu. No Parque das Aves você vivenciará um contato direto com mais de 1.020 aves, abrangendo cerca de 150 espécies diferentes.  São 16,5 hectares de exuberante Mata Atlântica mantidos para formar o melhor habitat para nossos animais”.
“Esse não é um passeio como qualquer outro, é uma experiência única e inesquecível na qual você encontrará incríveis aves dos quatro cantos do Brasil e de diversas partes do mundo, muitas delas ameaçadas. Adentre em nossos viveiros de imersão para sentir o bater das asas das vibrantes araras e olhar nos olhos de um tucano(...)".

HISTÓRIA
“A história do Parque das Aves começa no sudoeste da África, em uma cidade costeira na Namíbia, onde a família Croukamp ganhou um filhote de Papagaio-do-Congo, o qual logo despertou o amor pelas aves em Dennis Croukamp. Anos depois, a família mudou-se e um amigo sugeriu a Dennis que se mudassem para Foz do Iguaçu para construir um parque de crocodilos. Dennis replicou: "Eu gosto de aves. Iremos criar um Parque das Aves".
“Aliado a seus amigos, Dennis viajou para o Brasil e, após receber todas as licenças necessárias, adquiriu 16 hectares de floresta subtropical entre o rio Iguaçu e a rodovia que leva às Cataratas do Iguaçu, ao lado de onde hoje fica o Parque Nacional do Iguaçu. Sua esposa Anna, médica veterinária, adquiriu uma cópia do livro "Português em três meses" e estudou nossa língua”.
“O primeiro desafio foi remover do terreno as toneladas de detritos acumulados ao longo dos anos. Toda vegetação invasora foi retirada e, em seu lugar, foram plantadas centenas de árvores nativas. O prédio administrativo, a loja e a lanchonete foram construídos por um empreiteiro”.
“(...) em 1º de novembro de 1993, Dennis e Anna começaram a construção do que se tornaria o Parque das Aves”.
“As primeiras aves chegaram a partir de doações ou empréstimos de zoológicos brasileiros; animais confiscados foram enviados pelo IBAMA. Espécies subtropicais de todos os continentes foram importadas. O borboletário nasceu da vinda de outro amigo da família Croukamp para Foz do Iguaçu”.
“O Parque das Aves foi inaugurado no dia 6 de outubro de 1994, 11 meses após Dennis e Anna terem desembarcado no Brasil. Desde então, o Parque não para de crescer graças a um time de brasileiros que se dedica a continuar os sonhos de Dennis. Atualmente o Parque das Aves é o maior parque de aves da América Latina[i]”.

Adentrar ao Parque das Aves de Foz do Iguaçu se constitui numa aventura incrível e recompensadora, que se aguça desde o momento em que nos prostramos diante do painel ilustrativo! Para que gosta de natureza e de animais, especialmente aves, a visita ao Parque se transforma numa ação indispensável na região de Foz do Iguaçu!
Quero-quero.
Guará.
Flamingo africano. Vive de 33-44 anos.
 
Papagaio do Congo. Nativo da África. Vive até 50 anos e come frutos e sementes.
Papagaios brasileiros.
Flamingo chileno. Vive de 44-50 anos.
 
São verdadeiros passeios em meio a uma reserva de Mata Atlântica.

[i] Disponível/extraído de: http://www.parquedasaves.com.br/pt/ Acesso em jan. de 2015.