NOTÍCIAS FRESQUINHAS

Loading...

PESQUISE NESTE BLOG

Carregando...

sábado, 23 de abril de 2016

Centro Cultural da República, Assunção - Paraguai

Sobre o Centro Cultural da República...“é definitivamente um lugar de história, respeito e orgulho para os paraguaios”.
“Fica localizado no Cabildo e tem como principal função promover o fortalecimento da consciência e da memória histórica, missões que reforçam sua condição de edifício de imensurável valor para a república paraguaia. O centro iniciou suas atividades em 14 de maio de 2004 e foi levado a cabo por iniciativa de Carlo Mateo Balmelli, que na época ocupava o cargo de presidente no Congresso Nacional”.
“(...) foi assim denominado, pois tem como finalidade ficar aberto a todo cidadão do país, sem qualquer distinção de classe social, origem, credo, etc. Este edifício nos tempos passados foi o berço da civilização paraguaia e também sede do poder legislativo do país”.
“(...) possui uma grande trajetória, o que o torna muito significativo para a história paraguaia. Desde 2004 este edifício, também conhecido como Cabildo, vem se tornando mais famoso no Paraguai, uma vez que alberga o importantíssimo Centro Cultural. Outra função do Centro é trazer ao conhecimento das pessoas um pouco mais da história, da cultura e do passado. Relembrar fatos relevantes ocorridos nos tempos coloniais, recuperar a importância das coisas que já aconteceram faz desse Centro Cultural um lugar especial nos dias atuais[i]”.

segunda-feira, 18 de abril de 2016

Jubileu: 300 anos do encontro com Nossa Senhora Aparecida

Em 2017 se completará 300 Anos do encontro com Nossa Senhora Aparecida, por pescadores que se encontravam no rio Paraíba do Sul, em 1717.
“Em comemoração à data, o Santuário Nacional de Aparecida promove o Jubileu 300 anos de bênçãos, com uma programação devocional e obras de fé (...). Imagens peregrinas estão sendo enviadas a diversas arqui(dioceses) e Missionários Redentoristas levarão a cada capital do país uma imagem fac símile da Padroeira. Durante a peregrinação, serão colhidos porções de terra das capitais brasileiras para compor uma coroa especial para Nossa Senhora Aparecida[i]”.

Na Diocese de Palmeira dos Índios, a réplica da imagem de Nossa Senhora Aparecida (Padroeira do Brasil) chegou no último domingo, dia 17, sendo acolhida inicialmente no Povoado Caldeirão, que fica às margens da BR-316, rodovia que liga Palmeira dos Índios a capital Maceió. Durante a tarde a imagem saiu em carreata até a Catedral Diocesana de Nossa Senhora do Amparo, Padroeira do Município. A réplica da referida imagem permanecerá por um ano, percorrendo todas as paróquias de Palmeira dos Índios (zona urbana e zona rural).

terça-feira, 12 de abril de 2016

Catedral de Nossa Senhora da Assunção, Paraguai

A Catedral Metropolitana de Nossa Senhora da Assunção é a sede da Arquidiocese de Assunção, localizada na cidade de mesmo nome, no Paraguai. O referido templo está situado em frente a Plaza Independencia, no centro da capital.
“Assunção é sede de um bispado desde 1547 e já daquela época data sua primeira igreja catedral. Vários edifícios antecederam o atual, cuja construção iniciou-se em 1842, durante o governo do presidente Carlos Antonio López. A obra foi finalizada na década de 1860. Atribui-se o projeto e a direção da obra ao mestre Pascual Urdapilleta, imigrante basco (...)”.
“Internamente, a igreja é de três naves separadas por arcadas. A fachada é neoclássica e exibe o escudo nacional paraguaio no frontão. No interior destaca-se o retábulo principal, da época colonial, esculpido em madeira policromada. O centro do retábulo é ocupado por uma imagem de Nossa Senhora da Assunção, padroeira do Paraguai, rodeada por nichos com São Brás, São Pedro e São Paulo. O retábulo pertencia originalmente à igreja do convento franciscano de Assunção (...)[i]”.